BREAKING NEWS

Bom dia e Cia, um programa infantil não pode ter criança na apresentação?

Bom dia e Cia, um programa infantil não pode ter criança na apresentação?
20 Jul
3:46
Ana Júlia e Matheus

Ana Júlia e Matheus

Bom dia bucaneiros de todos os lados desse oceano de “ignorância” que se chama Brasil. Hoje acordei vendo a TV e o que vi me deu o que pensar. As crianças que apresentam o programa da grade infantil do sbt, emissora de Silvio Santos, ainda permanecem afastados por decisão da justiça do trabalho. Mas o que foi que aconteceu mesmo?

A determinação judicial que tirou Matheus Ueta e Ana Julia, apresentadores do “Bom Dia & Cia”, do ar foi de Flavio Bretas Soares, juiz do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região. Foi o mesmo magistrado que impediu esta semana a participação de dois atores-mirins no espetáculo “Memórias de um Gigolô”, que estreou em São Paulo.

Segundo o blog apurou, a notificação judicial recebida pelo SBT na noite de terça-feira (15) fala em “adequação de horário” de trabalho das crianças. Advogados da emissora vão se reunir ainda nesta quarta-feira com o magistrado para tentar mostrar que Mateus e Ana Julia cumprem horários que não atrapalham suas atividades escolares.

A emissora, que emprega muitas crianças (“Chiquititas”, por exemplo), assegura prestar todo tipo de assistência a seus atores-mirins, o que inclui psicólogo, fonoaudiólogo, nutricionista e até professor particular. O SBT também acompanha o desempenho escolar das crianças contratadas. (fonte: Blog do Maurício Stycer – Leia na Íntegra).


Ok… o que eu acho disso? Ainda vejo por aí, espalhado pelo Brasil todo casos de Fazendas que empregam jovens adolescentes e até crianças em trabalhos pesados, várias horas por dia e em condições péssimas de trabalho. Sem direito à escola, horas de lazer, brincar e se divertir. Sr. Excelentíssimo Juiz e todos os outros que compõem nosso sistema judiciário. Gostaria muito que os Srs. intervissem com tanto empenho também nesses casos:

Crianças expostas à trabalho escravo!

Crianças, expostas à verdadeiros trabalho escravo. Sem nenhum tipo de amparo, proteção. Ao meu ver, a decisão da Justiça para as “pobres” crianças do sbt ou do espetáculo do Miguel Falabella, foi mais um tiro no pé do que uma ação da Justiça. Os ilustres Magistrados poderiam empenhar seus esforços no Maranhão por exemplo. Estado de Roseana Sarney e José Sarney que lidera o Ranking de trabalho infantil no Brasil. Madeireiras, fazendas, carvoarias, olarias… Ruas… “Mas a criança está pedindo esmolas! Não está trabalhando!” Tem certeza disso? Quantas são as que entregam todo o dinheiro arrecadado à um adulto que fica ao longe fiscalizando o trabalho delas nas ruas? Quantos sanguessugas não se beneficiam dessa exploração?

Uma verdadeira máfia! Mas porque a ação da polícia não é divulgada? Porque nada é feito nesse contexto? Qual é a dificuldade de prender e punir esses malandros, verdadeiros Gigolôs?

Srs. Juizes de Direito do Trabalho do Estado de São Paulo, gostaria de saber qual é o problema em uma empresa que disponibiliza transporte para seus funcionários mirins (ida e volta), coloca à disposição deles psicólogos, professores particulares, paga (e muito bem) por suas horas (3 horas ao dia) trabalhadas? Eles tem casa, família, estrutura de vida, estudam normalmente, levam uma vida regrada e sem turbulências. E os outros como os das fotos acima? Eles podem continuar como estão? Essa decisão não foi por demais equivocada? E quanto aos “dimenó” que participam de “shows” de funk e pancadões? Por que essa prática ainda são comuns e passam aos olhos da justiça como se fossem normais. As Mc’s de 7 a 17 anos, os Mc’s que mal sabem escrever o nome, mas cantam coisas que deveriam aprender bem mais tarde? As vezes acho que de tanto estudarem Srs. Magistrados, os Srs. acabaram confundindo as coisas. Muita coisa está errada neste país, mas ainda acreditamos que aqueles que julgam e promulgam a lei e a ordem ainda podem ser confiáveis (com algumas exceções é claro).

Tenham um Bom dia Bucaneiros!

Siga-nos:
0
« »

Deixar uma resposta

Curta o nosso Blog!

%d bloggers like this: